Minha foto
Maceió, Alagoas, Brazil
Bancário Aposentado, Escritor, Poeta, Administrador de Empresas, MBA em Negócios em Financeiros, Pós-Graduado em Gestão de Instituições do Ensino Superior, Especializado em Diálogo, Capacitação Locução e Apresentação de Rádio e Televisão. Militante do PCdoB.

Java

UNEAL é sucesso na 5ª Bienal Internacional do Livro em Maceió

Estivemos, eu e minha filha Cláudia Petuba, na noite de ontem, com grata satisfação visitando o estande da nossa UNEAL, não tão imponente como de algumas instituições participantes, mas com certeza, nos proporcionou grande calor humano, com visitas de estudantes, professores, artistas e intelectuais, que se integravam e concertavam em longos e alegres bate-papos com a presença e a liderança marcante de seu professor reitor Jairo Campos.

Desnecessário é citar nomes da intelectualidade alagoana que abrilhantaram marcando presença para se evitar lapsos de esquecimentos com injustiças evidentes, que, entre gole, tragos e petiscos, proporcionaram encontros e rencontros rememorando passagens e escritos em conversas descontraídas, enriquecedoras e, às vêzes, hilárias.

Enquanto estivemos por lá e com o reitor Jairo Campos, assuntos como a sua recente ida a Brasília em busca de novos convenios, suas idas e vindas Arapiraca-Maceió por conta da excelente exposição deste ano, a semente plantada para a nova sede da UNEAL, pitadas de política, enfim, pauta de realizações, conquistas, a luta constante por novos projetos e desafios diários que não o intimidam, ao contrário, parece movê-lo numa sinergia exemplar.

Como se não bastasse a excelente recepção, ainda, fomos presenteados com os livros:

- UNEAL
40 ANOS DE LUTAS E CONQUISTAS cujo título dispensa comentário acerca da abordagem da excelente obra do grande conterrâneo arapiraquense, jornalista Daví Salsa, irmão inclusive de meu colega de trabalho, Cícero Salsa; 

- SOCIEDADE, EDUCAÇÃO e PODER em cuja apresentação diz: "Esta revista é o resultado, em parte, da idealização dos seus organizadores e da convivência do conjunto dos docentes da Universidade Estadual de Alagoas...." que tem contribuição do próprio Jairo Campos, entre outros e,

- DIVERSIDADE CULTURAL
UNIVERSIDADE E ETNIAS NEGRA E INDÍGENA EM ALAGOAS, obra também das hostes da própriauniversidade, onde o próprio Jairo Campos diz na contra-capa: " Este texto tem como propósito registrar essa importante atividade extensionista, para que não caia no obscurantismo e fique registrada esta ação de um grupo de pessoas(professores e graduandos) que, apesar das dificuldades enfrentadas pela UNEAL, mostrou que é possível sair da utopia e, efetivamente, colocar em prática o início de um longo processo de valorização e respeito às minorias."

Queremos, desde já, agradecer a todos que fazem nossa gloriosa UNEAL, no momento representada pela brilhante e humilde pessoa do Professor Jairo Campos, pela calorosa e festiva acolhida em seu estande, com certeza, um porto seguro para cultura alagoana, brasileira e internacional.

Por fim PARABÉNS e o convite, COMPAREÇA VOCÊ TAMBÉM.

Nenhum comentário: