Minha foto
Maceió, Alagoas, Brazil
Bancário, Escritor, Poeta, Administrador com MBA em Negócios em Financeiros, Pós-Graduado em Gestão de Instituições do Ensino Superior, Especializado em Diálogo, Capacitação SindRádio em Rádio-TV.e Militante do PCdoB.

A Presidenta e o Povo


Finalmente, ontem, a Presidenta falou!
E falou com a Sutileza de uma Mulher e a Firmeza de uma Presidenta.

Digo assim não porque ela tenha falado tarde mas, como falar antes se não se sabia para quem falar.

Na última quinta-feira, após o ato de expressão nacional com reivindicações difusas, com ataques de arruaceiros ao sublime Palácio do Itamaraty e a Catedral de Brasília, dois monumentos do acervo do mundialmente democrata e comunista Oscar Niemeyer, já que queriam, mesmo, era tripudiar no Palácio do Planalto, coisa imaginável apenas na mente criminosa, conspiratória e golpista do PIG, ou melhor, CIA News.

Então, era chegada a hora de por ordem na república, já que, municípios e estados já haviam atendidos os pleitos melhor expressos e formalizados, no caso da questão da passagens, uma vez que o resto dos pedidos de tão genéricos, se encaixavam também, na plataforma, nas metas e nas ações desse governo voltado para o povo.

É claro que entendemos a mudança que houve no estilo da Administração da Nação, do Governo Gerencial da Dilma, centrado nos objetivos e na pauta de campanha, no entanto, não nos esqueçamos das críticas ferrenhas ao jeitinho do Presidente Lula, seu antecessor tão combatido como Lulinha Paz e Amor com aquelas piadas e tapinhas nas costas de que tanto riam e sempre achavam não resolver as coisas e nem diferenciar uma Tsunami de uma Marolinha.

O Congresso Nacional apesar de eleito parece não representar o Povo e sim as individualidades de seus interesses, pois, dentro da ampla maioria da bancada do Governo Dilma exista uma oposição maior do que a programaticamente formalizada, como prova, basta ver as derrotas nas indicações de cargo, derrotas nas MP ou por decurso de prazo. como diz a Oposição "é vergonhoso um governo com Ampla Maioria não precisar de nos para Perder".

Alguns grandes pontos no discurso da Presidenta Dilma:

"...estamos acompanhando, com muita atenção, as manifestações que ocorrem no país. Elas mostram a força de nossa democracia e o desejo da juventude de fazer o Brasil avançar."
"Se aproveitarmos bem o impulso desta nova energia política, poderemos fazer, melhor e mais rápido, muita coisa que o Brasil ainda não conseguiu realizar por causa de limitações políticas e econômicas."
" O Brasil lutou muito para se tornar um país democrático. E também está lutando muito para se tornar um país mais justo."
"Só tornaremos isso realidade se fortalecermos a democracia - o poder cidadão e os poderes da república."
"Os manifestantes têm o direito e  a liberdade de questionar e criticar tudo. De propor e exigir mudanças."
 "A Lei de Acesso à Informação, sancionada no meu governo, deve ser ampliada para todos poderes da república e instâncias federativas. Ela é um poderoso instrumento do cidadão para fiscalizar o uso correto do dinheiro público."
"... eu quero repetir que o meu governo está ouvindo as vozes democráticas que pedem mudança. Eu quero dizer a vocês que foram, pacificamente, às ruas: Eu estou ouvindo vocês. E não vou transigir com a violência e a arruaça." 

Portanto, ouvida a Presidenta Dilma, sua vontade, seus planos e sua energia, vamos marchar rumo a construção de uma Nação, mais Forte e Soberana, sem corrupção e nem corruptores, votando nas ideias e nos ideais de um magnânimo projeto de governo popular e desenvolvimentista. 

Ordem e Progresso

Nenhum comentário: