Minha foto
Maceió, Alagoas, Brazil
Bancário Aposentado, Escritor, Poeta, Administrador de Empresas, MBA em Negócios em Financeiros, Pós-Graduado em Gestão de Instituições do Ensino Superior, Especializado em Diálogo, Capacitação Locução e Apresentação de Rádio e Televisão. Militante do PCdoB.

Java

Escravos da Liberdade

Quem no Universo poderá dizer que desfruta da liberdade em sua plenitude ?
A história está cheia de irreverentes ditadores escravos de sua própria tirania, de poderosos minguados pelo poder, de grandes menores que sua sombra.
Os francos alardeiam a liberdade, porém, escravizados pela falta de sinceridade.
Nosso maior opressor, somos nós mesmos.
Somos escravos do amor, escravos da paixão, escravos dos desejos, escravos do ódio, escravos de nós mesmos, sempre escravos.
Nunca nos sentiremos plenamente felizes e graças à Deus, pois, sempre haverá felicidade a ser conquistada no horizonte porque sempre haverá esperança.
Felizes os que foram e esperançosos os que vivem. Por isso, temos que ser felizes com o que dispomos e não com o que queremos.
Comemoremos a vitória na batalha de cada dia e não esperemos vencer a guerra da vida que triunfará apenas com a morte.
A felicidade está em torno de nós, nas pequeninas coisas que não queremos enxergar.
É eu, é você, são eles, somos nós, é o que está dentro de mim, é o que está em você, é o que está com eles, é o que está entre nós.

Publicado no Recanto das Letras em 17/11/2007 Código do texto: T740467

Nenhum comentário: