Minha foto
Maceió, Alagoas, Brazil
Bancário, Escritor, Poeta, Administrador com MBA em Negócios em Financeiros, Pós-Graduado em Gestão de Instituições do Ensino Superior, Especializado em Diálogo, Capacitação SindRádio em Rádio-TV.e Militante do PCdoB.

O Império continua Assustado

O que vimos ontem na reta final da Maratona de Boston (EUA) com a explosão de dois artefatos e um terceiro na Biblioteca JFK nada mais é que uma reação às péssimas práticas de política interna e externa dos americanos.
Não estamos aqui exaltando essa atitude nefasta e terrorista de protesto, mas, nessa hora, é bastante apropriado o ditado que diz: quem com ferro fere, com ferro será ferido.
A terra do Tio Sam é uma nação poderosa e líder no cenário mundial, com vitórias e desafios internos proporcionais ao seu progresso, ora posto em xeque.
A democracia proclamada e venerada por eles, com a devida virtude, se transforma em monopólio ditatorial quando intervem na liberdade e autonomia legítima de que outros povos têm de resolverem seus próprios problemas.
Quem quer Paz semeia a Paz.

Vamos Repensar o Brasil

Encaminhamos-nos para 11 anos de governo federal com a participação comunista do PCdoB, partido que em 91 anos manteve-se com a mesma cara e a mesma história, onde o Brasil vem contemplando expressivo avanço no combate à fome e a miséria, jamais visto em nossa história, tirando dos bolsões de pobreza mais de 25 milhões de pessoas que passaram a ter significativo econômico para a Nação.
Iguais avanços beneficiaram o povo brasileiro no campo dos esportes, da educação superior e dos estudantes, da política das mulheres, adolescentes e crianças, das lutas e igualdade das etnias trazendo à "céu de brigadeiro" um Brasil que submergia em águas turvas e profundas tolhido por forças do atraso.
No entanto, esse Brasil que veio à tona luta com o Brasil de mais de 500 anos que resiste às reformas políticas que permita a mais ampla participação das minorias partidárias que por sua vêz emperra uma plena reforma judiciária civil e penal que por sua vêz sustenta o falido e oneroso elefante branco de nosso sistema penitenciário e a segurança das cidadãs e cidadãos de bem desta Nação.
Precisamos do Povo Senhor e não à mercê dos criminosos de toda a espécie que assolam o desenvolvimento,  a segurança e a paz, patrimônios do Brasil.
Que venha uma nova Constituinte célere, eficaz e verdadeira com a mais ampla participação popular.